Terapia da Linha do Tempo

A TLT teve seu início em 1985, a partir de experiências realizadas pelo PhD em psicologia, Ted James, junto com alguns outros profissionais que visavam entender como funcionava o uso da linha do tempo. O objetivo era saber como que era a linha do tempo. É importante ressaltar que todos possuem uma linha do tempo, mas ela não é igual para todos, ela é uma metáfora que nos ajuda a perceber o que é real e o que não é, a clarificar o que é presente e o que é futuro, o que é verdade e o que é mentira, traz a clareza da chamada normalidade. Uma pessoa que possui esquizofrenia, por exemplo, não possui clareza do que é o mundo real e o que é o mundo fantasioso.

A linha do tempo é um conjunto de pressupostos e um modelo de processamento mental-cognitivo que fornece o suporte teórico para a abordagem. E o primeiro passo da Terapia da Linha do Tempo, que é esse processo mais curto de autoconhecimento, é identificar qual é a sua linha do tempo. Identificar a linha do tempo, é saber como funciona sua organização interna em relação ao tempo, como que se lida com as situações, a partir desta identificação, já é possível saber que tipo de pessoa você se atrai, que gosta de contratar, que gostaria de ser.

Para identificar a sua linha do tempo, o método utilizado é a hipnose ericksoniana que permite trazer a atenção de algo que não se está consciente, ficando efetivamente consciente. Ela permite trazer à tona, aquilo que, muitas vezes, estava escondido. Existem duas linhas do tempo clássicas, que abrangem a maior parte das pessoas, a primeira é a chamada in time ou arábica e a segunda é a out time.

As pessoas in time possuem sua noção de tempo ligada ao emocional, marcam muitos compromissos ao mesmo tempo e acham que vão conseguir realizar todos, dizem que ficarão 5 minutos, mas se a conversa estiver boa ficam horas. São pessoas que constantemente estão atrasadas e não gostam de fazer planejamentos a longo prazo, que vivem no aqui e agora. Elas não possuem uma noção linear do tempo, têm dificuldade para planejar e muitos interesses ao mesmo tempo, o que facilita a perda de foco.

As pessoas out time são extremamente racionais, ao invés de viverem o momento, é como se enxergassem passado, presente e futuro, com isso, adoram planejamento e programações. Se essa pessoa fala que vai estudar 30 minutos, estuda 30 minutos, enquanto a pessoa in time, por sua vez, para em 10 minutos se estiver chato ou estuda por 2 horas se estiver legal.

As pessoas in e out time frequentemente se casam uma com a outra. Muitas vezes esses casais brigam, porque um quer planejar as férias, quer guardar dinheiro e o outro deseja aproveitar os momentos.

A memória, da maior parte das pessoas, é emocional, salvo os raros casos em que se possui memória fotográfica, são as emoções que marcam os momentos. Por isso, é tão fácil recordar, independentemente da idade que se possui, quando foi seu primeiro beijo e mais difícil lembrar qual foi o almoço da sexta passada. Existem emoções verdadeiras e de disfarce, medo, alegria, raiva, tristeza e amor são as únicas emoções verdadeiras, pois possuem reações fisiológicas próprias. Desde a gravidez, o feto já vai juntando, através da mãe, suas primeiras memórias emocionais, e assim continua ao longo da vida, por isso que a pessoa que possui muita raiva e tristeza acaba desenvolvendo uma depressão emocional, pois são as emoções/reações fisiológicas que mais despertam em si.

O primeiro passo da TLP é, portanto, voltar no evento causador (ou causa raiz) e neutralizar a corrente de memórias emocionais. Dessa forma, a sua memória passa a ser linear, nada será alterado, sua história permanece a mesma, mas as emoções que marcaram os acontecimentos, como medo ou raiva param de ter a força que tinham. Assim, quando se experimenta situações difíceis, pode-se se viver só a emoção do momento, você ainda vai ter raiva, medo ou tristeza, mas só relativo aquele evento e não revivendo todas as vezes que essa emoção ocorreu na sua vida.

Outras coisas trabalhadas são as decisões limitantes e de afastamento. As decisões limitantes são aquelas que tomamos em momentos específicos de dor, que juramos não fazer mais algo, amar, confiar, ter amigos, ajudar e viram uma resposta automática, limitando nossas ações. As de afastamento, por sua vez, ocorrem, quando focamos não naquilo que desejamos, mas no contrário, quando se enuncia que não quer ser rico, só não quer ser pobre, o que você busca é a pobreza. Ademais, os valores de todas as pessoas são os mesmos, mas a ordem de prioridade pode mudar de acordo com o momento em que se está vivendo, pode ainda ocorrer incongruência entre o valor consciente e inconsciente. Na TLT, busca-se ranquear os principais valores profissionais, financeiros, familiares, de saúde e observa-se onde estão presentes decisões limitantes e de afastamento, ressignificando e realinha-se os valores.

A Terapia da Linha do Tempo tem como foco neutralizar as emoções negativas, ressignificando-as, neutraliza e ressignifica os eventos, as crenças limitantes e de afastamento, e, também, realinha os valores. O que pode demorar muitos anos numa terapia normal, é possível ser realizado em 6 meses com a TLT. Se você está na dúvida se a TLT é para você, entre em contato pelas nossas redes sociais. Comece seu processo de autoconhecimento!

Abraços,
Regina Silva

Psicoterapia / TLT

Desequilíbrios emocionais e comportamentais sempre têm uma causa-raiz, isto é, um primeiro momento em que foi desenvolvido. Independentemente de quanto tempo tenha passado este primeiro momento causador do trauma é possível que o estado emocional e físico seja reorganizado e restabelecido quando a causa é encontrada e tratada.

A abordagem da Terapia da Linha do Tempo (TLT) reestrutura o evento limitante e substitui crenças e emoções relacionadas a ele, promovendo transformações pessoais profundas em um curto espaço de tempo, sempre respeitando, é claro, o ritmo (interno) de cada pessoa e sua integridade.

O evento limitante normalmente está relacionado a sentimentos como raiva, tristeza, desânimo, medo, culpa, mágoa, luto, ansiedade e, ainda, experiências traumáticas e de alto estresse, dificuldades em relacionamentos interpessoais, entre outros.

Transforme a si mesmo

O processo terapêutico da Terapia da Linha do Tempo transforma pessoas e vai até o íntimo das emoções e pensamentos. Com o apoio dessa psicoterapia você também pode rever e mudar traços de personalidade (como o fortalecimento da autoestima e a superação de crenças negativas sobre si), refletindo diretamente no seu bem estar e qualidade de vida.

Antes de tudo, você precisa se aceitar como é. Olhar para sua sombra e sua luz (afinal, todos nós temos os dois lados!) e acolher suas dores e condicionamentos. Com mais consciência e clareza de si mesmo você será capaz de percorrer seu caminho de transformação e desenvolvimento com mais harmonia, equilíbrio e felicidade.

“A felicidade não é um destino. É um método de vida. “

Burton Hills

Resultados Distintos


Em linhas gerais, a Terapia da Linha do Tempo permite:

  • Rápida dissolução de emoções negativas massivas (o tempo médio de tratamento de cada conjunto de memórias de uma mesma emoção ou decisão limitante é de cerca de 10 minutos, desde que você encontra a causa-raíz)
  • Tratamento de experiências traumáticas e dolorosas, por meio da resiginificação das memórias traumáticas ou eventos. Por lidar com o conceito de causa-raiz, as experiências dolorosas e as origens de medos intensos podem ser tratados de forma profunda, porém, suave. Os resultados desses tratamentos são usualmente muito rápidos
  • Alcance de estados de bem estar em poucas sessões
  • Suporte efetivo no desbloqueio de causas emocionais no tratamento de disfunções físicas e orgânicas
  • Identificação facilitada dos bloqueios, sua origem e tratamento, no caso de limitações em qualquer área da vida, incapacidade de alcançar objetivos, estados emocionais negativos persistentes, memórias persistentes e outras condições.

Costumamos dizer que a Terapia da Linha do Tempo é orientada para a solução de problemas, possibilitando que você aprenda a colocar energia apenas no que vale a pena, como por exemplo, a realização de seus projetos pessoais e objetivos de vida.

Atendimentos: individual, casal e familiar
Formato: presencial e online